Pesquise por Aqui :

sábado, 8 de maio de 2010

Vamos falar de amor

Eu tenho 17 anos.
Idade pela qual hoje em dia principalmente na cidade onde vivo você já se torno um  ser humano trabalhador se assim posso dizer;
Ao completar 16 anos idade me recordo que no ano novo ao pular as sete ondas em uma delas pedi um namorado , só que isso era um segredo ate pra mim mesma , pois ao ver de todos eu nunca queria namorar pra mim não era hora e nem momento , mas se achasse alguém pelo qual estivesse no meu lado em todas as horas , estaria ótimo. O ano de 2009 passou lentamente eu vivi coisas maravilhosas , mas aquilo pelo qual tinha pedido nunca tinha aparecido o ano inteiro fiquei sozinha , sofria alguns bocados por conta de meninos que literalmente é de se dar risada , mas permanecia tranqüila e sensata pois aquilo não era nada fundamental que queria pra mim , após todas as coisas passadas veio a separação de meus pais e isso me abalou em todas as partes sempre fui uma garota forte em minhas quedas e transparentes em minha dores , mas naquele momento sempre me via sozinha e indefesa , minhas sextas feiras eram sós tinha as vezes a companhia da minha prima , mas ela tinha as coisas dela , é claro que agora pensava naquele pedido de meses atrás mas me guardava e só perguntava em pensamentos . Sempre quis saber como seria eu namorar e como seria a pessoa que me namoraria , sou muito complexa e louca tenho vários gêneros comigo costumo dizer que tenho 5 Gabrielas em minha cabeça e que todas elas podem mata-los de tanta loucura.
No dia 28 de setembro de 2009 eu estava voltando da escola , e naquela época já estava procurando por um emprego louca pra ser independente de mim mesma e ter minhas próprias coisas , me sentia a pessoa mais livre pois minha rotina era ir estudar e cantar na frente da escola com meus amigos, naquele dia ao voltar me deparei com um moço , moço pelo qual já conhecia morava na rua de casa mais nunca tive nenhuma afinidade acima , ele já tinha se relacionado com uma amiga e pra mim ele era uma tremendo de um palerma , naquele momento eu o olhei com um jeito diferente agente se conhecia disso sabíamos mas o acanhamento pra dizer um "OI" era difícil eu puxei
- Oii
- Oii..
E saímos andando , logo mais ah frente eu olhei pra trás ( bonito ele)..
Dias depois minha amiga me ligou pra comentar dele , ele me adicionou no orkut e conversamos por um leve depoimento de apresentação ,eu sempre fui muito arisca e curiosa e queria saber ate aonde a curiosidade e o interesse de um pessoa ia levar e na verdade por tudo que conhecia dele não queria nada afinal , pois lembrava nitidamente de seu passado e ele não tinha nada ver comigo.
A primeira vez que o vi depois dos depoimentos foi profundamente vergonhosa minhas pernas tremeram meu coração palpitou e eu não falava uma palavra apesar dele não parar de falar lindo com a roupa do serviço cheiroso e másculo .
Após desse dia o evitei e tente mesmo não lembrar mais dele vivia abalada com a separação , mas não queria ficar com ninguém . Um dia sai com a minha prima como de costume e ao voltar me vi triste e abalada por sempre estar sozinha chorei na rua voltando pra casa , minha lágrimas lavavam o chão sobre o caminho onde eu passava , e quando pensava que não tinha mais chão trombei com alguém levei um susto mais um gargalhada vinha com esse impacto , e junto com ela se acompanhava dentes magníficos era ele..
Logo naquela hora eu me encontro com ele , deveria ser em qualquer momento menos naquela hora , morri de vergonha pois são poucas as pessoas que me vêm chorar , e logo o carinha que estava afim de mim e eu ignorava estava me vendo em lágrimas .
ELE perguntou o que eu tinha , e eu disse nada
ME chamou para sair , eu ate que gostei da idéia mas preferir não aceitar , cheguei na minha casa  chorando mais ainda pelo mico que paguei e pelas coisas devastas que acontecia naquele momento na minha vida estava sozinha em casa mais um vez , e me sentia a ultima pessoa do mundo sem ninguém que me amasse de verdade quando o telefone tocou , eu ate que sonhava que era ele mas nunca que seria ele ..

- ALÔ ( voz de choro totallllll)
- Gabi

Era ele , e eu nunca acreditei que era ele , como uma pessoa se preocuparia assim comigo nunca , esses meninos ai me ignorariam e nem quereriam saber do meu choro alias por conta da minha vida turbulenta os garotos mas fugiam de mim do que se achegavam , ele me perguntou no telefone o porque eu chorava novamente respondia que era por nada e que logo passaria , me chamou para sair no dia seguinte e eu disse que não podia pois tinha compromisso com meus amigos e me chamou para sair no domingo e sabe o que eu respondi ? QUE SIM não sei ate hoje porque disse sim normalmente nunca faço isso eu mal o conhecia e só porque ele foi delicado o bastante por se preocupar eu aceitei , agente combinou dele me ligar ao 12:00 no domingo pra gente ver onde iríamos , no domingo estava eu sentada na mesa do computador rezando pra todo mundo da minha casa sumir e eu falar no telefone a vontade , pois de 12:00 e ele não tinha ligado , lógico que eu tinha um tremendo medo de ele não ligar já estava todo idiota esperando sua ligação 12:20 ele ligou eu deixei tocar umas três vezes fiz o sinal da cruz e atendi o telefone
- Gabii
ele sempre atendia assim por mais que não fosse eu , depois ele perguntava se eu estava em casa .
Agente marcou de ir na casa de um colega almoçar e uma amiga minha iria junto , fiquei mais aliviada porque não queria ir só com ele , o almoço foi legal e ate que eu estava natural , ele era muito mas muito bonito e principalmente cheiroso tinha uma barbicha debaixo do queixo e uma cabelo arrepiado que nada me agradava , mas era educado e se percebia que era de familia seu nome era Adonias sei que era um nome estranho mas era nome da bíblia seu pai era Pastor da igreja evangélica mas ele não tinha cara de beato , na nossa conversa ele falou muito de sua familia principalmente da irmã mais velha . Agente marcou de se ver no segunda pois eu não aguentaria esperar , saímos e eu o levei no meu cantinho espiritual e lá no dia 05 de Outubro eu beijei pela primeira vez meu namorado , foi como se o meu mundo tivesse parada .. tudo a minha volta não fazia sentido só o momento em que me encaixei naquele peito foi maravilhoso.
A partir dai estamos a 7 meses juntos , foi demorado pra mim dizer que o amava , mas ele faz parte de mim e não existe de verdade pois ele me compreende e me aceita tão bem , ele desde do momento em que se beijarmos ele me diz que me amava só que eu não queria ouvir , ele é sim o homem da minha vida nunca esperei que Deus me daria um presente desse assim tão cedo agradeço demais por ele e sei que o nosso amor sempre foi abençoado apesar de nossa religiões diferentes sempre estamos na presença de Deus falando um do outro

Do eu te amo demais meu lindo . você sim é o meu amor..

;D

beijoo

5 comentários:

ॐ Camila Anastasi disse...

Gabiii, seja muito feliz, e aproveite o amor. Ele tem que ser eterno enquanto durar.
Aproveite muito esse presente da vida!

adonias disse...

Amor eu nao sei o que falar..rs eu te amo muito e a cada momento que passo com vc e muito especial pra mim, sao 7 meses juntos, e sao esses meses e {anos} que eu vou amar vc Bih.
te amo muito

ॐ Camila Anastasi disse...

Queridinha, obrigada mesmo pelo elogio!
A intensão é cada vez mais melhorar!

Muita sorte para vc!

Cíntia Mara disse...

Que lindo, Gabi!
Ai, eu quero um amor assim também, rsrs.

Bjim

Elaine disse...

Gabriela,
Este é um comentário-convite. Quero convidar você para participar de uma mega promoção que está acontecendo lá no blog: sorteio de 1 exemplar do livro Perseguição digital. Para participar basta acessar este link e preencher o formulário. É simples e bem rápido. Espero você. Beijos e obrigada.