Pesquise por Aqui :

sábado, 10 de outubro de 2009

ANOS DOURADOS

Eu vendo meus emails me deparo com um do meu antigo professor de Ed física , digo antigo pois a 2 anos ele não é mais meu professor e sim meu amigo , não que não fosse e sim ele era como um pai pra mim , acredito eu que grande parte da pessoa que sou ele deu grande ajuda sempre incentivado-nos a crescer pensar em um futuro. 
Ele se tornou nosso professor na 5º serie , nesse época tudo pra gente era diferente porque tínhamos professores a mais , todos nos alunos assustados ficamos , era difícil lidar apenas com um professor imagina agora 7 professores. Foi quando apareceu o prof de Ed física Alexandre , diga-se de passagem um gato , alto moreno de olhos verdes e que fazia todas as meninas de 12 anos suspirarem por ele menos eu , não dava meu braço a torcer ele podia ate ser bonito mas eu que não ia ficar me jogando pra cima dele e paparicando ele como todas as meninas ,sempre me manti firme ,  e ele sempre me observava. Foi quando ele nos deu uma ideia de montar um time de handebool , as meninas ficaram entusiasmadas , eu não sabia jogar mas resolvi entrar na dança , não ia ficar de fora já que minhas amigas estavam lá. Tudo de começo foi muito bom , ele pegava pesado com todos , e eu sempre fazia o que ele pedia , mas nunca fazia muito para ser notada , as meninas do time sempre tinham elogios dele , e elas sempre ficavam se jogando em cima dele , e eu sempre fiquei na minha no meu canto, passou-se se um tempo e ele começou a me pedir para que eu o ajudasse a levar seu material de volta a sala dele , e agente sempre conversava . O homem bunito que todo mundo via era sim um temendo de um batalhador , que tinha sonhos e também tinha suas dificuldades , ele virou meu amigo , um cara com seus quase 30 anos virou amigo de uma menina de 12 anos que como dizia ele tinha muito a oferecer.Ele me apelidou de Sabugo de Milho , porque eu era pequenininha e ele vivia me carregando no colo e zuando com a minha cara na frente de todo mundo , no fundo eu adorava , porque ele fazia coisas comigo que meu pai nunca tinha feito , ele acreditou em mim no hand , ele me ensinou coisas , brigou comigo e se preocupou com meus estudos , coisas que meu pai dificilmente fazia , meu professor além de tudo era meu pai , um pai querido e amigo .
Lembro-me da primeira vez que ele brigou comigo na frente de todos , e como eu chorei , chorei porque gostava tanto dele que não queria perder sua amizade
Dali surgia o primeiro abraço , nunca me esqueço . Nosso time de Handebool , ganhou o primeiro campeonato da escola erámos famosas na nossa pequena escolinha nosso time se chamava TUDO A VÊ , lembro da escola inteira assistindo o emocionante jogo da 6ºA contra a 6°B , nossa sala é lógico ganhou e ai esta as integrantes do time :

                                                 [foto de 2004. pra mim é a muito tempo atrás]


Agente , era pequena não tinha muita ambição adorava o fato de ser boa na coisa que nos ensinaram , na periferia onde vivíamos aquilo era mais que um presente nosso querido professor sempre nos incentivou a continuar e agente sempre sonhou que podia mos sair do David Sobrinho e jogar fora , lógico que não aconteceu , como comentei em post anteriores a meninas que estão ai tomaram seus rumos na vida , algumas são mães , outras fizeram coisas que se elas soubesse nessa época negariam , acho que eu continuei a mesma ate a cara feia , é a da setinha ali na foto sou eu . rsrsrs pode falar ridicula não é ?!!
 mas sabe olhando ela percebo o quanto eu mudei , com o meu professor de Ed fisica , querendo me tornar a pivo do time , eu era ligeira e brava então derrubava todo mundo e não tinha medo de cara feia , fazia o que a lider do time pedia e sempre fui muito obediente . Foi meus anos dourados eu não ligava pro meninos e sim pra minhas amigas . Adora esse meu mundinho de escola cheia de sonhos .


Hoje o tempo se passou , sabe hoje eu estudo pra caramba pretendo fazer faculdade , e o meu amigo Alexandre se orgulha de mim , sabe da maior ele vai ser pai e eu fico tão feliz pois eu vou dizer ao filho dele o GRANDE  pai que o pai dele foi pra mim !

5 comentários:

A Madrasta Má disse...

Isso é tão gostoso... um sentimento verdadeiro e sincero. Tbém tinha pessoas na minha vida que significavem isso pra mim, mas se foram... infelizmente! Adorei seu cantinho, vc é sempre bem-vinda viu minha querida! Bjinhos da Madrasta!

Olhos e pensamentos disse...

Amei sua historia, sou professora de educação fisica tambem, sou recem formada e espero ser para os meus alunos tudo o que o Alexandre foi pra vc, amo minha profissao mais que tdo

Olhos e pensamentos disse...

Gabi, eu sou orfã de pai e mãe vivos, minha mãe nem liga pra saber se minha filha esta viva ou não, qdo eu era pequena eu e minha irmã viviamos um pouco na casa de um e de outro, minha vó sempre foi muito pobre e fazia o q podia pela gente, mas sempre podia muito pouco, qdo eu disse que ela morreu de amor, digo a verdade, ela ficou com depressão por 4 anos e morreu os médicos diziam que ela não tinha nada só sofrimento, fisico nada tinha...ela sofria muito em ver o que eu e minha irmã suas unicas netas passavam, ela dizia que amor de vó é maior que amor de mãe, ela pegava a gente e passavamos fome nem tinhamos onde dormir, então ficavamos um pouco na casa de um primo ou outro e voltava pra ela, e um ajudava daqui outro dali, tivemos q trabalhar cedo..e tanto eu quanto a minha irmã casamos com os 1º namorados, e muito cedo, Deus nos deu namorados bons, ela me viu casar, mas já não estava entre nós..e logo morreu, sinto muito a falta dela

Bia disse...

Boas lembranças de amigos
que ficam, e ficarão para sempre.

Beijos, florzinha.

Olhos e pensamentos disse...

Tem selinho pra vc