Pesquise por Aqui :

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Congresso Internacional do Medo

"Provisoriamente não cantaremos o amor
Que se refugiou no mais baixo do subterâneo
Cantaremos o medo que estereliza os abraços .
Não cantaremos o ódio porque esse não existe, existe apenas o medo
Nosso pai e nosso companheiro o medo grande dos sertões
dos mares dos desertos o medo dos soldados o medo dos ditadores o
medo da morte e o medo de depois da morte
Depois morreremos de medo sobre nosso tumulos
Nascerão flores amarelas e medrosas."

Um comentário:

Thais de Deus, Thais Autentica... disse...

Nossa gabi... c tá me deixando com medo